Aprovados concurso CE 2014

sábado, 30 de janeiro de 2016

Agentes penitenciários de Jequié sofrem ato abusivo e descriminatório de diretor de presídio




quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Coordenador de Segurança do Presídio de Pedrinhas sofre atentado


Dois homens armados de pistola tentaram matar a tiros na noite desta segunda-feira,(2), o chefe da segurança da Penitenciária de Pedrinhas, Carlos Eduardo Oliveira Sousa, 31 anos. O fato ocorreu no momento em que a vitima lavava o seu veiculo na porta de sua residência na rua Epitácio Cafeteira no bairro Santa Cruz. Os dois homens chegaram e foram disparando contra Carlos Eduardo. O agente só não foi morto porque acabou usando a mangueira para jogar o jato de água  no rosto do atirador. Carlos Eduardo, foi atingido com um tiro na coxa e um vizinho que conversava com ele na hora do atentado foi atingido com um tiro de raspão no pé. As vitimas foram encaminhadas para receberem atendimento médico no hospital Djalma Marques, (Socorrão I). Os bandidos fugiram e a policia esta investigando o caso.
20151103043503
FONTE: http://silvanalves.blog.br/

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

VÍDEO PRESO TENTANDO FUGIR COM MÁSCARA DE IDOSA


video





Imagens das câmeras de segurança do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, registraram o momento em que o preso Clodoaldo Antônio Felipe, de 44 anos tenta fugir usando uma máscara de silicone com feições de uma idosa e roupas femininas(veja vídeo). Um agente impediu a ação após desconfiar do andado da “senhora”. Policiais relataram que nunca viram um disfarce como esse.



A tentativa de fuga aconteceu no último dia 25. Nas imagens é possível ver o momento que as mulheres que estavam visitando os detentos deixam a unidade prisional após o horário de visitas em fila. No meio das visitantes está o detento, que usa a máscara, com peruca grisalha, vestido e um O preso passa pelo pátio do presídio em direção a uma sala onde fica o detector de metais. Um agente prisional que está sentado em um banco desconfia da ação, se levanta, corre até a janela e avisa os outros servidores da unidade.


Uma câmera dentro da sala mostra que um dos agentes ainda chama o preso que está usando a máscara de uma idosa. Porém, ele ignora o alerta e segue o caminho em direção ao portão. Nesse momento, os funcionários do presídio saem correndo e conseguem segurar o interno e evitar a fuga. Nas imagens, é possível ver também o momento em que os agentes voltam escoltando o preso, já sem a máscara.


De acordo com o diretor do presídio, Alex Galdioli, essa foi a primeira vez que foi registrado uma ação tão ousada. “Preso se disfarçando de mulher já tivemos vários casos. Mas não com um disfarce tão perfeito como esse”, contou.


A máscara, feita com silicone, tem diversos traços que tentam se assemelhar à pele humana. O disfarce tinha uma peruca grisalha, manchas e rugas na pele e até uma verruga. A Polícia Civil acredita que o disfarce pode custar até R$ 10 mil.


O presidente da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), João Carvalho Coutinho Júnior, disse que a tentativa de fuga foi descoberta pelo andado do preso. “O grande erro dele pode ter sido na hora que ele estava prestes a transpor um dos últimos portões, por ele não ter caminhado de acordo com o que uma senhora de 70 anos caminha”, explicou. por cima.


Fonte: G1.COM.BR

domingo, 1 de novembro de 2015

423 VAGAS PARA O CONCURSO AGENTE PENITENCIÁRIO DO PARANA





A Secretaria de Estado da Administração e da Previdência do Paraná divulgou edital de abertura de concurso público para 423 vagas para o cargo de agente penitenciário – 367 para o sexo masculino e 56 para o sexo feminino. O salário oferecido é de R$ 3.568,45.
Cargos


O candidato deve ter nível médio completo. Ao candidato afrodescendente, amparado pela Lei Estadual nº 14.274/2003, são reservados 10% das vagas.


As vagas são para Curitiba e região metropolitana, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cruzeiro do Oeste, Francisco Beltrão, Cascavel e Foz do Iguaçu.


Inscrições


As inscrições devem ser feitas via internet pelo site da organizadora do concurso, Cops Uel, no endereço eletrônico www.cops.uel.br de 15 de fevereiro a 11 de março.


A taxa de participação no concurso é de R$ 100.


Provas


O concurso terá provas de conhecimentos, prova de aptidão física, avaliação psicológica, investigação social, curso de formação e avaliação médica.


A prova de conhecimentos, a prova de aptidão física, a avaliação psicológica e avaliação médica serão realizadas nos municípios de Cascavel, Curitiba e Londrina. O curso de formação será realizado somente em Curitiba.


A prova de conhecimentos será realizada no dia 7 de abril, às 9h.


Validade


O prazo de validade do concurso é de dois anos, contados a partir da homologação, podendo ser prorrogado,uma única vez, por igual período.

CONSTATADA EPIDEMIA DE TUBERCULOSE EM PRESÍDIO

45 detentos do Presídio Regional de Pelotas são contaminados por tuberculose



Mais de 45 detentos do Presídio Regional de Pelotas foram contaminados por tuberculose. A superlotação da casa prisional é o principal fator para que 46 presos tenham contraído a doença neste mês de outubro.
O presídio tem aproximadamente 1.100 detentos, quando a capacidade é para apenas 472. A alta lotação faz com que as celas cheguem a ser divididas por 16 pessoas. Nos primeiros casos da doença, os presos eram diagnosticados, medicados e voltavam para o convívio coletivo mesmo durante o período de contágio.
Para evitar mais casos de tuberculose, uma cela foi reformada especialmente para receber os pacientes doentes. Nas duas primeiras semanas da doença, os detentos ficam separados para não contagiarem os demais apenados. Nesta sexta-feira (30), nove pessoas estão isoladas.
A Unidade de Saúde do Presídio deve ser ampliada nos próximos meses, mas a obra depende de autorização do Ministério Público. Atualmente, atendem no espaço uma auxiliar de dentista, um dentista, uma enfermeira, uma médica e uma técnica de enfermagem.
Conforme o Ministério da Saúde, a tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões. A doença é curável. Anualmente são notificados cerca de 6 milhões de novos casos em todo o mundo, levando mais de um milhão de pessoas a óbito.
Fonte: PLANTÃO.RS

sábado, 3 de outubro de 2015

Agentes penitenciários são chamados de "Capitão América" por preso

"Capitão América." Essa é a forma como os presos apelidam os agentes penitenciários  na Clinton Correctional Facility, em Nova York. Segundo os presos, tudo começou com um dos guardas que impediu uma fuga, espancando brutalmente os detentos. 

O fato chamou à atenção do The New York Times que começou a realizar uma investigação sobre a conduta de guardas em prisões estaduais.
O guarda, identificado como Chad Stickney, tem uma grande bandeira americana tatuado em seu braço esquerdo que lhe valeu o apelido. Segundo o The  Times, nos dias após a tentaiva frustada de fuga do prosioneiro David Sweat and Richard Matt, começaram a ocorrer tratamento duro dos reclusos.
Vários presos disseram que foram levados para áreas da prisão sem câmeras onde receberam socos e tiveram suas cabeças batidas contra a parede. Um dos presos disse que amarram um saco plástico em volta do pescoço, sufocando-o até ele desmaiar. Os guardas estavam aparentemente em busca de informações sobre a tentativa de fuga.
Jornal americano também observou que as investigações sobre incidentes como estes se movem em um ritmo lento, com poucos resultados.
"É muito difícil para apurar conduta inadequada de agentes penitenciários ou oficiais de correção disciplina", disse o Times Michael Schwirtz. "Parte disso tem a ver com a força da união, mas eu acho que parte disso tem a ver com o fato de que tem havido muito pouco escrutínio do sistema prisional por muitos e muitos anos, por isso muito pouca pressão para disciplinar os indivíduos que são acusado de delito. "
Fonte: http://www.wnyc.org/

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Preso condenado a prisão perpétua por assassinato de agente penitenciário

SACRAMENTO, Califórnia (AP) -. Um preso, que já se encontra atrás das grades, foi dada uma segunda sentença de prisão perpétua no assassinato de um agente penitenciário da prisão federal.
José Cabrera Sablan se declarou culpado em julho deste ano do assassinato na morte do agente penitenciário em 2008, Jose Rivera, nos Estados Unidos, na Penitenciária em Atwater, cerca de 100 milhas ao sudeste de Sacramento.
Sablan, agora com 47 anos de idade, e o comparsa James Guerrero foram ambos condenados à prisão perpétua e tinham histórias de violência contra os guardas antes do ataque.
Os promotores dizem que Sablan atacou com uma faca caseira de oito polegadas o agente Rivera , enquanto Guerrero imobilizava .
Fonte: SFGATE