terça-feira, 22 de novembro de 2016

fitoterapia

NOÇÕES DE CLASSIFICAÇÃO FITOQUÍMICA
DAS PLANTAS
 TANINOS (YIN)
Sabor adstringente (amarra).
Ação: anti-séptica, anti-diarréicos e cicatrizantes.
Presentes em frutos verdes.
 ALCALÓIDES (ATIVAM)
Sabor amargo.
melhor vibrador melhores masturbadores masculinos Ação: analgésica e anti-inflamatória.
Encontrada em plantas que tratam reumatismo e artrite.
 ÓLEOS ESSENCIAIS (YANG)
Possuem aromas.
Ação: anestésica, analgésica, anti-inflamatória e expectorante.
Encontradas em cascas, folhas e flores.
 GLICOSSÍDEOS (TÔNICOS ESTIMULANTES E SEDATIVOS)
São açúcares e dividem-se em:
*GLICOSSÍDEOS ALCÓOLICOS (ANTI-INFLAMATÓRIOS)
*GLICOSSÍDEOS CARDIOTÔNICOS (ATUANDO NA CONTRAÇÃO DO
MÚSCULO CARDÍACO)
*GLICOSSÍDEOS ANTRAQUINÔNICOS (SÃO MUITO AMARGOS, LAXATIVOS)
*GLICOSSÍDEOS FLAVONÓIDES (SÃO ANTI-HEMORRÁGICOS E COMBATEM A
ARTEROESCLEROSE)
*GLICOSSÍDEOS SAPONÍNICOS (SÃO DEPURATIVOS)
 SUBSTÂNCIAS RESINOSAS (ATUAM NO SHEN)
Resinas são substâncias líquidas ou semi-fluídas encontradas nas plantas.
Presentes no látex e no ópio.
Normalmente são alucinógenas, analgésicas e tóxicas.
 MUCILAGENS (PROTETORAS)
São substâncias que quando em contato com a água tornam-se gelatinas. Ex: algas.
São encontradas em plantas para combater a gastrite e no controle da fome.
 PIGMENTOS (TÔNICOS)
Encontradas nas flores e frutos que têm pigmentos. Ricos em clorofila (verde), caroteno
(vermelho) e xantofila (amarelo). São compostos de vitaminas, portanto são tônicas.
 PRINCÍPIOS AMARGOS (ATIVAM E CIRCULAM)
Substâncias químicas mal-definidas. Quanto mais amargas, mais tóxicas. A toxidade da
planta é um fator de sua eficiência, mas deve ser administrada com cautela.
4
FORMAS DE PREPARAÇÃO
 DECOCÇÃO (TANG)
É uma solução obtida através da fervura das drogas em água ou vinho de arroz, como se
fosse uma sopa, e depois retira-se os sedimentos. Assim temos uma solução medicinal. A
decocção pode ser usada por via oral, cataplasma (aplicado no local) ou usar como uma
sopa, e tomar como um chá.
 PÓ (SAN)

A erva é moída e transformada em pó. Há duas maneiras para seu uso: via oral ou aplicada
externamente.
 PÍLULAS OU BOLAS (WAN)

fitoterapia ervas
ervas fitoterapicas
fitoterapia com ervas
ervas medicinais
ervas chinesas A partir do pó ou extrato seco, só que as pílulas são misturadas com água, mel, pasta de
arroz, farinha, suco de vinho ou vinagre.
 EXTRATO LÍQUIDO (JIU)
As drogas são solvidas em uma solução especial, aquece-a a uma temperatura baixa e
destila-se o preparado, sob a forma de álcool. Um miligrama corresponde a uma grama de
extrato.
 EXTRATO SECO (PIAN)
Igual ao extrato líquido, só que retira-se o solvente, secando-o. Uma grama de extrato seco
equivale a mais ou menos cinco gramas da droga. São utilizados para cápsulas ou tabletes.
 UNGÜENTO (GAO)
Utiliza-se do extrato seco ou pó, que misturado a um veículo (vaselina ou outro creme), é
aplicado sobre a pele.
 EMPLASTO (GAO)
Utiliza-se das drogas maceradas em um pano e aplicado sobre a pele.
 INJEÇÃO (ZHU SHE YE)
Outra maneira comum utilizada na China. Pode ser muscular ou endovenosa.
 XAROPE (TANG JIANG)
São ingeridos por via oral. O mel é o veículo mais usado.
 LICORES (JIU)
Igual ou semelhante às garrafadas. Coloca-se a planta mergulhada no álcool ou no vinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário